Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

A Revolução Russa – apresentação

“Um acontecimento com ecos de transformação que atravessaram o mundo inteiro.” Francisco Louçã.

O Movimento Acrítico esteve presente no lançamento da obra A revolução Russa, 100 anos depois, da editora Parsifal, que teve lugar no palácio Galveias no dia 12 de outubro de 2017. Continue reading “A Revolução Russa – apresentação”

Anúncios
Featured post

A revolução Russa – 100 anos depois

A revolução Russa – 100 anos depois

A Revolução Russa teve um impacto decisivo no mundo atual, foi matriz ideológica e de ação para muitas revoluções e movimentos de libertação. Neste livro temos uma abordagem temática à revolução confiada ao contributo de um conjunto de autores.

António Louçã fala-nos da revolução e da sua génese social, numa convergência assimétrica da burguesia, operários e camponeses, tendo os operários assumido a sua liderança (já sob a influência de Lenine). Continue reading “A revolução Russa – 100 anos depois”

Featured post

Os Corpos | Rodrigo Magalhães

Os Corpos | Rodrigo Magalhães

Na sinopse da contracapa somos informados que o corpo de um homem não identificado foi encontrado numa praia australiana, se a zona de conforto do leitor são os policiais de estrutura linear, desengane-se: essa não é a proposta de Rodrigo Magalhães. Não encontrará aqui um protagonista a decifrar enigmas ou a resolver mistérios. Afinal, o que é um enredo se não essa constante errância pelas dúvidas que assaltam a nossa vida. Continue reading “Os Corpos | Rodrigo Magalhães”

Featured post

Para lá da “Geringonça” | André Freire

Para lá da “Geringonça” | André Freire

As alianças políticas em Portugal alicerçam-se mais na personalidade das suas lideranças do que no posicionamento ideológico dos partidos, esta é uma história marcada pelas afinidades e sensibilidades dos seus protagonistas. Mário Soares, desconfiado das derivas ideológicas do PCP (evidenciadas durante o PREC), vê-se condicionado a rejeitar qualquer acordo que viabilize um governo minoritário PS/PRD com o apoio parlamentar do PCP; em Abril de 1987, após a queda do governo minoritário do PSD na sequência de uma moção de censura apresentada pelo PRD. Continue reading “Para lá da “Geringonça” | André Freire”

Featured post

O Escritor Fantasma | Philip Roth

O Escritor Fantasma | Philip Roth

Um jovem e promissor autor visita o velho e consagrado Lonoff a quem considera como pai espiritual e literário, o tipo de escritor a quem bastava um simples adereço para dar vida a uma sociedade inteira. Nathan sempre foi um jovem talentoso no qual a família depositava grandes espectativas. O pai falhara a entrada em medicina e formara-se como podólogo, mas Nathan realizaria os seus sonhos e afirmar-se-ia como um grande escritor. Continue reading “O Escritor Fantasma | Philip Roth”

Featured post

Entre Amigos | Amos Oz

Entre Amigos | Amos Oz

A pureza de um Kibutz reside, em parte, na importância do trabalho físico que nos restitui a simplicidade e a pureza da primeira infância, e na partilha, não só dos bens, mas de um destino coletivo onde as diferenças sociais se esbatem numa união de iguais, onde cada um preserva a sua singularidade. Estas são as histórias possíveis do kibutz Ykhat, onde a gestão passou para os membros de segunda geração, já nascidos e criados no kibutz. Jovens sem a urgência de um pedaço de terra onde lancem as fundações da sua identidade, libertando-se, definitivamente, da diáspora. Continue reading “Entre Amigos | Amos Oz”

Featured post

Isso não Pode Acontecer Aqui | Sinclair Lewis

Sinclair Lewis foi o primeiro escritor norte-americano a receber o Prémio Nobel da Literatura, em 1930. Mas o reconhecimento pelos seus romances satíricos, críticos dos políticos corruptos e do materialismo fútil da classe média americana não abarcava ainda o presente livro, publicado em 1935, que se tornou uma obra profética após a eleição de Donald Trump. Continue reading “Isso não Pode Acontecer Aqui | Sinclair Lewis”

Mea Culpa | Carla Pais

Mea Culpa é o primeiro romance de Carla Pais, uma obra reveladora de grande talento literário que anuncia uma nova voz na literatura portuguesa e que é publicada pela Porto Editora a 23 de outubro. Continue reading “Mea Culpa | Carla Pais”

Um Legado de Espiões | John le Carré

Peter Guillam, fiel colega e discípulo de George Smiley nos Serviços Secretos britânicos, também conhecidos por Circus, goza a reforma na sua propriedade de família, na costa sul da Bretanha, quando uma carta do seu antigo Serviço o convoca a Londres. Razão? O seu passado durante a Guerra Fria voltou para o reclamar. Continue reading “Um Legado de Espiões | John le Carré”

Até Que as Pedras… | António Lobo Antunes

Até Que as Pedras se Tornem Mais Leves Que a Água, vigésimo oitavo romance de António Lobo Antunes é um presente ensombrado pelos fantasmas da guerra de Angola. Continue reading “Até Que as Pedras… | António Lobo Antunes”

Manual de um homicídio | Gonçalo JN Dias

Marina, uma mulher de 38 anos com um relacionamento desgastado, apaixona-se por um colega de trabalho, casado e com um filho. Os dois têm uma relação tórrida. Um deles comete um assassinato.

Oscar, um polícia de homicídios, é encarregue do caso. É um homem dedicado ao seu trabalho e à sua família, que goza e brinca com as típicas series policiais norte-americanas. Continue reading “Manual de um homicídio | Gonçalo JN Dias”

A Trégua | Primo Levi

A Trégua, continuação de Se Isto é Um Homem, é considerado por muitos críticos a obra-prima de Primo Levi: diário da viagem rumo à liberdade, depois de dois anos de internamento no lager nazi, este livro, mais do que uma simples evocação biográfica, é um extraordinário romance picaresco. Continue reading “A Trégua | Primo Levi”

Auto de António | Manuel Alegre

Dom António Prior do Crato, o último Príncipe de Avis, é um herói injustiçado da História de Portugal, que sempre fascinou o autor. Inspiraram-no, os livros de Jorge de Sena, O Indesejado, Os Cadernos Secretos de Prior do Crato, de Urbano Tavares Rodrigues e, sobretudo, Os Filipes, de António Borges Coelho. Continue reading “Auto de António | Manuel Alegre”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑