quando-ela-era-boaQuando era pequena, Lucy Nelson viu o pai, falhado e alcoólico, ir para a prisão. Desde então, tenta regenerar os homens que a rodeiam, mesmo que isso signifique, em última análise, a sua própria destruição. Com os retratos certeiros que traça de Lucy Nelson e de Roy, seu marido infeliz e infantil, Roth criou uma obra implacável de realismo ficcional, uma visão simultaneamente impiedosa e compreensiva de uma certa América provinciana, com a sua religiosidade, a sua nostalgia e o seu desencanto.

Neste romance fascinante, divertido, arrepiante, o cenário é uma cidadezinha do Centro Oeste americano, o tema, o coração de uma mulher jovem, ferida e ferozmente moralista.

Nota de Imprensa da Dom Quixote.

 

Anúncios