As proezas e os ‘furos’, as manchetes bombásticas e os erros calamitosos nas primeiras páginas de jornais que atravessam todo o século XX. Este livro recupera a memória de 26 episódios do século XX, contando, com recurso às palavras dos próprios ou dos seus contemporâneos, casos memoráveis… não fosse a memória pregar a partida de tudo esquecer.

 

«Resumindo o projecto numa só frase, o Inspector da PIDE Que Morreu Duas Vezes é um livro que procura documentar, em episódios singulares, as pressões de todas as épocas, interpretando-as à luz de cada contexto e sugerindo ao leitor contemporâneo a complexidade desta função social exercida pelos jornalistas – atreita ao erro, volátil, muitas vezes sobranceira, mas ainda fundamental para a interpretação do quotidiano e para a atribuição de sentido aos eventos que se desenrolam à nossa volta.»

Jornalista desde 1994, Gonçalo Pereira Rosa é o director da edição portuguesa da National Geographic.
Docente e investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica Portuguesa, escreve sobre a história do jornalismo português.
É autor de três livros, um guião de banda desenhada e do blogue Ecosfera. Tem em curso uma investigação sobre a história do Diário Popular.

Nota de Imprensa da Planeta,

 

Anúncios