A hierarquia das artes e o adquirido cultural contaminam a nossa perceção e ditam o nosso gosto?

Pedro Mexia foi o convidado das Sessões Ícones IX que decorreu no dia 15 de Julho no espaço da EC.ON e contou com a moderação de Luís Carmelo.

 

Pedro Mexia falou-nos do fervor do convertido a propósito da sua paixão pela música POP, das suas influências cinematográficas e literárias e sobre o Nobel atribuído a Bob Dylan Dissertou ainda sobre as paisagens mentais que são o território onde a arte habita.

 

O catolicismo, o alinhamento ideológico, a mundividência do autor podem influenciar a forma como encaramos a sua obra? Podemos endeusar Fernando Pessoa sem olharmos à sua orientação ideológica?

O Movimento Acrítico é uma iniciativa de Carlos Cerqueira e António Ganhão.

 

Anúncios