Escreve, disparando palavras contra a morte sem o auxílio de nenhum deus, ao mesmo tempo que se esforça por aceitar o sentido das suas próprias perdas e derrotas.

 

Salvação, de Ana Crisitina Silva, 2018, Parsifal.

 

citação #2

 

sobre o livro