Leia muito, leia por gosto, leia por curiosidade, leia por desfastio, leia por obrigação, leia por indignação, mas leia, leia, leia de tudo, sem preconceitos nem reservas. Há quem diga que com os livros maus se aprende mais do que com os bons.

Mário de Carvalho em “Quem disser o contrário é porque tem razão”, 2014, Porto Editora.