Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Categoria

Recensão

Traços Fundamentais da Cultura Portuguesa | Miguel Real

Traços Fundamentais da Cultura Portuguesa | Miguel Real

Um país suspenso no tempo é um país que não se realiza, habitando uma excitação mental vazia de estímulos de orgulho, para a qual um pequeno feito (uma vitória numa competição internacional) sabe a triunfo imorredouro.

No português subsiste a consciência lúcida de que Portugal teve o “mundo na mão” e o perdeu por cobiça mercantil ou por desleixo, vendo outros povos tomar o seu lugar nesse mundo descoberto e na história. Em cada um de nós vive o assombro de nos sentirmos insignificantes depois de nos termos sabido gigantes na descoberta da totalidade do mundo. Aí reside a esperança de que o passado longínquo nos salve. Aí nasce a raiz salvífica: o facto de termos sido. Continue reading “Traços Fundamentais da Cultura Portuguesa | Miguel Real”

Featured post

Jornada de África | Manuel Alegre

Jornada de África | Manuel Alegre

Esta é a história do alferes Sebastião e de um Alcácer Quibir do avesso, de como os homens se perdem de vista quando a morte os surpreende. O ato de loucura de um povo que leva a morte além-mar, pela força das armas e obstinação de um velho cacique, pelo direito histórico, inalienável, de fazer suas as terras de outros povos. O alferes Sebastião marcha com a única lucidez possível, pela honra de não se furtar ao destino que foi imposto à sua geração, obrigando-se, contudo, a refrear todos os excessos, denunciando-os se tal fosse o caso. Continue reading “Jornada de África | Manuel Alegre”

Featured post

Pussy | Howard Jacobson

Pussy | Howard Jacobson

Imaginem uma república protegida do mundo exterior por altos muros, governada por um grão-duque, cujo filho, o Príncipe Fracassus, é um miúdo enxuto e venerado por todas as qualidades que não possui, educado por professores universitários que foram despedidos por excesso de conhecimento e pelo péssimo hábito de corrigir os alunos. Imaginem só, porque não encontrarão qualquer semelhança com a realidade… Continue reading “Pussy | Howard Jacobson”

Featured post

rebeldia | Cristina Carvalho

Rebeldia | Cristina Carvalho

É no romance de ficção, refiro-me à ficção sem o esteio da vida de um biografado, que a escrita de Cristina Carvalho se solta numa rebeldia de crua lucidez. Neste romance regressamos ao vastíssimo território da solidão no feminino, de mulheres em fuga à repressão masculina, uma fuga feita de resignação e sem destino, sem uns olhos azuis para diluir toda a dor e todo o desânimo. Mulheres que, enquanto jovens, arrastam um homem para as suas vidas, um esboço de desejo de homem, bem diferente dos maridos que conhecem às outras mulheres. Assim o desejam, ardentemente. Continue reading “rebeldia | Cristina Carvalho”

Featured post

Amália – A Ressurreição | Fernando Dacosta

Amália – A Ressurreição | Fernando Dacosta

Uníssona, a multidão rebentará depois em aplausos, desconcertando Amália, que se ergue, se dirige à varanda, se acena sob sorrisos em lágrimas. Milagres aconteceram-lhe sempre, que inexplicável lhe foi o destino – sempre.

Fernando Dacosta brinda as suas divas com uma escrita poderosa, elegante e de fina sensibilidade, conheceu-as como poucos, partilhou da sua intimidade, aturou-lhes excessos, amou-as. Foi assim com Natália Correia e com Amália. Neste livro deixa-nos um registo em forma de apontamentos, o essencial para descodificar a personalidade da cantora que marcou gerações de portugueses, se fez temida pelo regime ditatorial, sofreu com a revolução, mas foi resgatada pelo povo. Continue reading “Amália – A Ressurreição | Fernando Dacosta”

Featured post

As Oito Montanhas, de Paolo Cognetti

As Oito MontanhasPaolo Cognetti

Pietro aprende com o pai a amar a montanha, a render-se à emoção de descobrir outra ordem de grandeza, vir das montanhas dos homens e encontrar-se nas dos gigantes. Na montanha o pai liberta-se da crispação da cidade e do emprego. Solta-se, fica alegre e feliz, como se desenvolvesse uma segunda personalidade, uma de que se podia gostar. Continue reading “As Oito Montanhas, de Paolo Cognetti”

Todos os Dias Morrem Deuses | António Tavares

Todos os Dias Morrem Deuses | António Tavares.

Em plena guerra fria, Portugal vive no remanso de uma vida habitual assegurada pelo Estado Novo, protegido por costumes conservadores e uma atávica rejeição à novidade. A censura preserva os portugueses de sobressaltos nacionais. Perseguições, assassinatos, conspirações, purgas, espiões que revelam segredos de Estado são acontecimentos de um mundo distante, acontecem lá muito longe. Essa longínqua realidade confunde-se com a ficção, apela à imaginação para ser entendida e coloca um sério desafio a quem pretende escrever sobre ela. Continue reading “Todos os Dias Morrem Deuses | António Tavares”

hoje estarás comigo no paraíso | Bruno Vieira Amaral

hoje estarás comigo no paraíso, de Bruno Vieira Amaral

Neste segundo romance Bruno Vieira Amaral regressa à Baixa da Banheira e às memórias de infância, em busca da história por detrás do assassinato do primo. Dele guarda apenas a memória desse dia: Mataram aquele teu primo, o João Jorge. O narrador é o próprio autor, preso a um fascínio que não consegue explicar, ao ímpeto de registar o sucedido em livro. Continue reading “hoje estarás comigo no paraíso | Bruno Vieira Amaral”

Featured post

O Segredo de Joe Gould, de Joseph Mitchel

O Segredo de Joe Gould, de Joseph Mitchel

Joe Gould é um escritor, artista e historiador, carinhosamente conhecido pelos seus amigos como o professor Gaivota, e que pode, facilmente, ser tomado por um mendigo. Para afastar suspeitas decide criar o fundo Joe Gould. Não se dedica à mendicidade, mas à recolha de contribuições para o seu fundo que financia o projeto da sua vida: a escrita da História Oral. Um registo da história informal da gente em mangas de camisa e, segundo o narrador, um repositório de tagarelices, uma miscelânea de boatos, de mexericos, de paleio, de tretas, de lérias, de zunzuns, fruto, segundo os cálculos de Gould, de mais de vinte mil conversas.

Continue reading “O Segredo de Joe Gould, de Joseph Mitchel”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑