Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Categoria

Recensão

A Namorada Infiel… | José Couto Nogueira

A Namorada Infiel… | José Couto Nogueira

A Namorada Infiel, O Amigo Incompetente e outras crónicas sobre o sentido da vida, resumem mais de um ano de atividade do autor como cronista do jornal i. Não estamos perante o formato clássico de autoajuda sobre questões sentimentais ou outros achaques com que a vida nos surpreende, mas nas respostas às questões éticas colocadas pelos leitores, desde relacionamentos íntimos ou sociais, até ao comportamento no emprego ou nos negócios. A eterna pergunta: se os fins justificam os meios. Continue reading “A Namorada Infiel… | José Couto Nogueira”

Anúncios
Featured post

Os Contos | Giuseppe Tomasi di Lampedusa

Os Contos | Giuseppe Tomasi di Lampedusa

A partir da sua experiência particular, o autor transforma este livro num fresco do seu tempo de infância, num retrato de como viviam as casas senhoriais as suas relações sociais e de poder No prefácio somos alertados para a intensidade da efabulação e para a apropriação pessoal da história feita pelo autor. A estrutura da memória, não sendo provida de qualquer nexo cronológico, confunde-se com os lugares da nossa infância. E se dizemos que nos nossos últimos dias gostaríamos de regressar à casa onde nascemos, é porque temos a ilusão de morrer onde sempre fomos felizes. Continue reading “Os Contos | Giuseppe Tomasi di Lampedusa”

Featured post

Os Loucos da Rua Mazur | João Pinto Coelho

Os Loucos da Rua Mazur | João Pinto Coelho

Algures, na Polónia, uma comunidade formada por judeus e cristãos vive uma coexistência amarga, ainda que pacifica. Dois miúdos, um cristão e outro judeu, aproximam-se e tornam-se amigos. A eles se juntará uma miúda, filha de uma bruxa; o elemento pagão a unir as duas religiões do Livro. O desejo e o pecado têm muito de negação do Deus que se professa. Shionka, a filha da bruxa, leva-os a espreitar os habitantes da aldeia, através das janelas das suas casas. Sendo muda de nascença, aquela é a sua forma de contar as histórias que conhece. Continue reading “Os Loucos da Rua Mazur | João Pinto Coelho”

Featured post

Mea Culpa | Carla Pais

Mea Culpa | Carla Pais

O estragado é um sem mundo. A prisão de onde sai, no dia de Nossa Senhora, fica do lado do muro alto onde crescem as vinhas. Esse homem inicia uma peregrinação, é um dos estragados do mundo e caminha ao encontro do seu andor que são todas as vidas que deixou para trás e que agora o esperam. Não o desejam, por saber que tomam lugar nesse andor; todos eles, até o padre que manda fechar as portas ao cemitério para que não se desencaminhem as almas que por lá deambulam perdidas. Continue reading “Mea Culpa | Carla Pais”

Featured post

A Trégua | Primo Levi

A Trégua | Primo Levi

O olhar curioso e atento que conhecemos do Sistema Periódico continua a acompanhar o tom tranquilo com que Primo Levi narra as suas aventuras desde o momento em que foi libertado de Auschwitz até regressar a Turim. O autor registou em três volumes a sua passagem pela Segunda Guerra Mundial ou a forma como a guerra passou por ele. No Sistema Periódico temos o período que antecedeu à sua detenção pelos alemães e envio para Auschwitz, uma resposta aos honestos e inermes cidadãos que prepararam o caminho à máquina de guerra, repressão e extermínio, denunciadas, porque, sob pretexto algum, alguém pode permanecer indiferente ao seu tempo. Continue reading “A Trégua | Primo Levi”

Ardorosa Súmula | João Rui de Sousa

Ao abrir o livro com um poema intitulado Programa, João Rui de Sousa oferece-nos a ilusão de uma linha orientadora, descodificadora da sua poesia (se é que isso existe), contudo, estamos perante o enunciado do jogo de referências que usa no seu universo poético. Nele encontramos a remissão para o que se liberta, o que emana dos corpos, o calor irradiado e o desejo aprisionado, sequioso do voo. Um assombro que se solta do foco mais profundo de ascese, onde amadurecem abismos por entre erva e um frescor de rio. Não existe em toda esta poesia um lugar de sossego onde reclinar a cabeça. Continue reading “Ardorosa Súmula | João Rui de Sousa”

A Gorda | Isabela Figueiredo

A Gorda | Isabela Figueiredo

Este romance começa pelo fim, por um falso final. Como se a autora receando que, algures pelo caminho o leitor abandone a sua leitura, antecipe um desfecho feliz. A voz que nos fala já não pertence à protagonista da história, mas sim a uma mulher que venceu o estigma de ser gorda, pese o facto de ainda pensar como gorda. Isto é a autora a impor o distanciamento próprio de uma narradora imparcial.

Continue reading “A Gorda | Isabela Figueiredo”

A revolução Russa – 100 anos depois

A revolução Russa – 100 anos depois

A Revolução Russa teve um impacto decisivo no mundo atual, foi matriz ideológica e de ação para muitas revoluções e movimentos de libertação. Neste livro temos uma abordagem temática à revolução confiada ao contributo de um conjunto de autores.

António Louçã fala-nos da revolução e da sua génese social, numa convergência assimétrica da burguesia, operários e camponeses, tendo os operários assumido a sua liderança (já sob a influência de Lenine). Continue reading “A revolução Russa – 100 anos depois”

Os Corpos | Rodrigo Magalhães

Os Corpos | Rodrigo Magalhães

Na sinopse da contracapa somos informados que o corpo de um homem não identificado foi encontrado numa praia australiana, se a zona de conforto do leitor são os policiais de estrutura linear, desengane-se: essa não é a proposta de Rodrigo Magalhães. Não encontrará aqui um protagonista a decifrar enigmas ou a resolver mistérios. Afinal, o que é um enredo se não essa constante errância pelas dúvidas que assaltam a nossa vida. Continue reading “Os Corpos | Rodrigo Magalhães”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑