Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Adelina Barradas de Oliveira

O Outro Lado do Reflexo | Adelina Barradas de Oliveira

O Outro Lado do Reflexo | Adelina Barradas de Oliveira

Escreve para mim, solicita a voz anónima de forma insistente, é um eco instalado na consciência. Escrever sem pensar, como quem desabafa. E o que pode escrever uma agente da justiça, alguém que, estando no topo do processo, é o seu decisor último? Tem esse agente direito à opinião, a colocar no papel as suas emoções quando as teve de apartar do processo de decisão que foi fazer justiça? Que fio condutor torna isso possível? Continue reading “O Outro Lado do Reflexo | Adelina Barradas de Oliveira”

A afirmação do poder judicial… | Adelina Barradas de Oliveira

A afirmação do poder judicial… | Adelina Barradas de Oliveira

A autora retoma o tema de dissertação do seu mestrado, centrando o foco na nobreza da Missão da Justiça, sem descurar a fundamentação teórica e a mecânica da aplicação da lei, ciente de que a lei não é justiça.

A era da comunicação transformou a Informação numa nova forma de poder, suscetível de ser  capturado pelos interesses económicos e colocado ao seu serviço. As fake news, com a sua apropriação maliciosa dos conceitos, são a recreação dessa contaminação aplicada às redes sociais. Para se afirmar como poder soberano, o poder Judicial tem de aprender a comunicar, sem esquecer que o cerne da sua legitimidade não reside na opinião pública. Continue reading “A afirmação do poder judicial… | Adelina Barradas de Oliveira”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑