Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Alice Brito

O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca

O Dia em que Estaline Encontrou Picasso na BibliotecaO Dia em que Estaline Encontrou Picasso na Biblioteca by Alice Brito

Este romance é um olhar sobre duas cidades nos subúrbios do poder: Setúbal e Barcelona. Uma odisseia que atravessa o século XX até aos dias de hoje, pessoas simples a entornar as cidades na rua, exigindo dignidade nas suas vidas e no seu ganha-pão, sempre tão escasso. Cidades limite, alcovas de destinos inevitáveis. O romance abre com a jovem República portuguesa e os seus governos generosos em cacetada e avaros no pão que, com mão de ferro, travaram a luta dos operários, nas ruas e nas fábricas, matando a esperança numa vida melhor.

Continue reading “O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca”

Anúncios

As Mulheres da Fonte Nova

As Mulheres da Fonte NovaAs Mulheres da Fonte Nova by Alice Brito

Neste livro existe um personagem da dimensão de uma cidade, sendo ele próprio essa cidade. Uma cidade montada na garupa da miséria, alcoviteira e má mãe. Não se lhe conhece a culpa, apenas sabemos estar contaminada de gente. A mão segura da PIDE conhece os que não são “da situação”, já lhes sentiu a pele. Espanta-se de gente esta cidade.

Numa linguagem forte que não se furta ao uso do palavrão – porque a vida, de tão madrasta, não merece outros cuidados – Alice Brito deixa-nos aqui o relato de uma época, onde a ditadura esbateu gerações e esmagou esperanças. Uma narrativa que ousa recorrer ao calão e aos ditos populares (que seguem a mesma lógica violenta e recriminatória dos palavrões). “Deus que a marcou algum defeito encontrou”.

Continue reading “As Mulheres da Fonte Nova”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑