Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Ana Cristina Silva

“Ana Cristina Silva

Só um deus, fazendo-se temporariamente passar por homem, poderia tingir os meus lábios com um vermelho tão voluptuoso. Só um deus conseguiria gerar no meu sangue aquela onda gigantesca de pulsão ansiosa. Só um deus poderia recolher nas suas mãos todos os pecados do meu corpo.

Bela, de Ana Cristina Silva, Bertrand Editora, 2020

Featured post

“Ana Cristina Silva

Do outro lado da floresta chegou-me um prolongado queixume, como podemos imaginar ligado ao último voo de uma ave ou ao derradeiro suspiro de um homem. Tive dificuldades em reconhecer que esse gemido soara dentro de mim.

Continue reading ““Ana Cristina Silva”

Rimbaud, o viajante e o seu inferno | Ana Cristina Silva

Rimbaud, o viajante e o seu inferno | Ana Cristina Silva

Todo o viajante é uma paisagem, nele convergem momentos felizes dilacerados por outros habitados pela sombra humana. Ao procurar libertar-se da mãe e do seu mundo burguês, menor e concreto, Rimbaud mergulha num calvário ponteado por desvarios que não consegue controlar. Quem desce às profundezas da voz humana e projeta metáforas a partir de figuras de delírio pode nunca  perceber que, no limite, a renúncia à escrita é o seu maior inferno. O eterno viajante raramente se transforma em peregrino, é alguém que parte em busca de um certo equilíbrio para o qual não encontra palavras esclarecedoras.

Continue reading “Rimbaud, o viajante e o seu inferno | Ana Cristina Silva”

As Longas Noites de Caxias | Ana Cristina Silva

As Longas Noites de Caxias | Ana Cristina Silva

Este é um livro de silêncios: o do povo que se cala, vergado ao trabalho à jorna, sem direitos e sem voz, feito para trabalhar e obedecer; do silêncio cobarde que se cala perante as injustiças; e do silêncio coragem que não denuncia os camaradas. O silêncio força que este livro agora rompe, perturbando-o de forma definitiva. Entre algozes e vítimas, duas mulheres dominam este romance. Sem elas, um pedaço fundamental da história de Portugal permaneceria por explorar. Continue reading “As Longas Noites de Caxias | Ana Cristina Silva”

NOITES DE TERROR | Setúbal

Continue reading “NOITES DE TERROR | Setúbal”

As Longas Noites de Caxias | apresentações

Um roteiro a reter. Continue reading “As Longas Noites de Caxias | apresentações”

” Ana Cristina Silva

Laura virou a cabeça e, sem dizer nada, olhou o inspector de relance. Aquele
silêncio era uma atitude definitiva e teve a sensação de que Óscar Cardoso o
compreendeu. No dia seguinte, devolveram-na ao Reduto Norte. Continue reading “” Ana Cristina Silva”

As Longas Noites de Caxias | Ana Cristina Silva

O nome Leninha deixa antever alguém doce. Uma mulher delicada e maternal até. Nada poderia estar mais longe da verdade quando falamos da mulher que era conhecida como «PIDE Leninha», a mais temida agente feminina da polícia política portuguesa. Baseada numa história verídica, As Longas Noites de Caxias é uma poderosa ficção sobre duas figuras que viveram intensamente os dois lados da Ditadura. Continue reading “As Longas Noites de Caxias | Ana Cristina Silva”

Salvação | Ana Cristina Silva

Salvação | Ana Cristina Silva

A minha mulher morreu há um mês. …Ela não vem e o meu choro redobra. De uma invulgar sensibilidade e numa escrita envolvente, este livro narra a oração permitida a um não crente. Quem perde a figura de Deus como objeto da sua devoção, apenas se pode consagrar ao amor nas suas diversas formas, sendo a mais dolorosa a que sofre com a ausência do outro. O protagonista-narrador vive um luto profundo pela morte da mulher, do qual só se consegue alhear, momentaneamente, quando retoma a sua escrita. Continue reading “Salvação | Ana Cristina Silva”

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑