Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Gonçalo Pereira Rosa

O Inspector da PIDE Que Morreu Duas Vezes

As proezas e os ‘furos’, as manchetes bombásticas e os erros calamitosos nas primeiras páginas de jornais que atravessam todo o século XX. Este livro recupera a memória de 26 episódios do século XX, contando, com recurso às palavras dos próprios ou dos seus contemporâneos, casos memoráveis… não fosse a memória pregar a partida de tudo esquecer. Continue reading “O Inspector da PIDE Que Morreu Duas Vezes”

A Gripe e o Naufrágio, de Gonçalo Pereira Rosa

A Gripe e o Naufrágio - como as notícias representam os riscosA Gripe e o Naufrágio – como as notícias representam os riscos by Gonçalo Pereira Rosa

A Gripe e o Naufrágio pretende estudar o comportamento dos media face ao risco iminente de saúde pública imerso num cenário de incerteza. Tomando como caso-de-estudo a gripe A de 2009/10 e o naufrágio do Prestige, na costa da Galiza em 2002, o autor procura avaliar Continue reading “A Gripe e o Naufrágio, de Gonçalo Pereira Rosa”

A Gripe e o Naufrágio

convite-02-01O lançamento do livro “A Gripe e o Naufrágio, Como se Constroem as Notícias de Risco”, aposta não menos arriscada da Arranha-céus, será na próxima quarta-feira, dia 28 Continue reading “A Gripe e o Naufrágio”

Parem as Máquinas! – Gonçalo Pereira Rosa

Parem as Máquinas!Parem as Máquinas! by Gonçalo Pereira Rosa

Este é um país que, no mínimo, merecia ser inventado. Não admira que, frequentemente, os jornalistas, com brio literário e profusa imaginação, tenham chamado a si essa tarefa.

Neste livro, iniciamos uma viagem aos bastidores do jornalismo português, espelho fiel da forma como o país se revê ou encara a maior parte dos acontecimentos desde o fim do século XIX até aos dias de hoje. A imprensa sempre se pautou por uma escrita cuidada e de fino recorte literário e os seus jornalistas ousaram desafiar o cinzentismo de um país onde nada acontecia. Não poucas vezes ludibriaram a censura com inteligência e arrojo, mas também caíram em algumas esparrelas.

Continue reading “Parem as Máquinas! – Gonçalo Pereira Rosa”

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑