Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Juan Marsé

Essa puta tão distinta, de Juan Marsé

essa-puta-tao-distinta

Essa puta tão distinta, de Juan Marsé

As ciladas da memória como plot. A memória individual, de alguém que cometeu um crime e não se lembra do motivo, ou a memória coletiva que subsiste nas bolhas tóxicas do franquismo que ainda moldam a sociedade espanhola. A desmemória que potencia os erros que a história insiste em repetir. Continue reading “Essa puta tão distinta, de Juan Marsé”

Essa Puta Tão Distinta

essa-puta-tao-distintaNuma tarde de Janeiro de 1941, Carol dirige-se, sem grande vontade, ao cinema Delicias. Usa saltos altos, meias pretas e veste uma gabardina meio desapertada. A sala está a abarrotar: os cartazes anunciam a reposição de Gilda Continue reading “Essa Puta Tão Distinta”

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑