Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Selva Almada

Raparigas Mortas | Selva Almada

Raparigas Mortas | Selva Almada

Andrea entrou na vida da autora através da notícia da sua morte: uma rapariga havia sido assassinada na cama enquanto dormia no seu quarto, …a casa de qualquer adolescente, não era o lugar mais seguro do mundo. Selva Almada narra aqui o femicídio de três raparigas, como viveu essa experiência e conduziu o processo de escrita do livro, aproximando-se daquelas raparigas mortas. Uma narrativa não ficcionada, que nos revela o papel da mulher na sociedade argentina de finais do século XX, em particular das raparigas mais pobres, das quais se esperam favores a troco de dinheiro. Continue reading “Raparigas Mortas | Selva Almada”

Anúncios

Raparigas Mortas | Selva Almada

Três assassínios entre centenas que não chegam aos títulos de capa nem atraem as câmaras dos canais de TV. Três casos que chegam desordenados: são anunciados na rádio, recordados no jornal de uma cidade, alguém fala deles numa conversa. Três crimes ocorridos no interior da Argentina, enquanto o país festejava o regresso da democracia. Continue reading “Raparigas Mortas | Selva Almada”

” Selva Almada

Os rapazes tinham um costume, uma brincadeira, não sei como lhe chamar, conta-me ele. Diziam que era fazer um bezerro. Marcavam uma rapariga, sempre de classe baixa. Um grupo armava-se em pretendente. Segui-a na rua, dizia-lhe coisas, seduzia-a. Continue reading “” Selva Almada”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑