Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Autor

antonioganhao

Autor

Destino | Raffaella Romagnolo

Em Março de 1946, num carro com motorista, Giulia Masca regressa a Borgo de Dentro. Quarenta e seis anos antes, sozinha, grávida e sem dinheiro, despedira-se de Itália e da miséria para embarcar num vapor rumo a Nova Iorque.

Continue reading “Destino | Raffaella Romagnolo”

Auschwitz – Cidade Tranquila | Primo Levi

Sob o signo de um paradoxal título de autor, nesta antologia, a «cidade tranquila» do campo de extermínio abre-se em todas as direções possíveis:

Continue reading “Auschwitz – Cidade Tranquila | Primo Levi”

Stalinegrado | Vassili Grossman

Em abril de 1942, Hitler e Mussolini planeiam a enorme ofensiva na Frente Oriental que culminará na maior e mais sangrenta batalha da história da humanidade.

Continue reading “Stalinegrado | Vassili Grossman”

Pessoa e Saramago | Miguel Real

“Ainda que firmados em dois projectos literários diferentes, em dois tempos mentais diferentes, quase antagónicos, se não mesmo contraditórios, duas características são comuns a Pessoa e a Saramago:

– A total transgressão dos códigos estéticos do seu tempo, balizando um novo vinco na história da literatura;

Continue reading “Pessoa e Saramago | Miguel Real”

O Reino | Jo Nesbo

O Reino | Jo Nesbo

Após a morte inesperada dos pais, dois irmãos herdam uma propriedade na montanha, que se segue a uma curva apertada, a que chamam a curva das cabras. Trata-se de uma propriedade mais próxima de um baldio do que de uma quinta, construída numa cota imprópria para a atividade agrícola, no máximo, talvez dê para manter um pequeno rebanho de cabras, e a isso tudo designaram por O Reino. E todo o cavaleiro defende o seu reino por mais pequeno e pobre que seja.

Continue reading “O Reino | Jo Nesbo”

Featured post

Um Barco para Ítaca | Manuel Alegre

Terceiro livro de Manuel Alegre, depois de Praça da Canção e O Canto e as Armas, Um Barco para Ítaca foi escrito no exílio, em Argel, e publicado em Portugal em 1971, há precisamente 50 anos, por Nosso Tempo.

Continue reading “Um Barco para Ítaca | Manuel Alegre”

Silverview | John le Carré

Obra póstuma de le Carré – e a única que deixou acabada –, Silverview é a história de um livreiro que se vê envolvido num caso de espionagem.

Julian Lawndsley deixou o seu trabalho de alto nível na City para levar uma vida mais simples como dono de uma livraria numa pequena vila costeira inglesa.

Continue reading “Silverview | John le Carré”

Encruzilhadas | Jonathan Franzen

Estamos a 23 de dezembro de 1971 e a família Hildebrandt está numa encruzilhada. Russ, o pastor adjunto de uma igreja liberal suburbana de Chicago, está à beira de se libertar de um casamento que reputa de desconsolado – a menos que a mulher, Marion, que também tem a sua vida secreta, se lhe antecipe.

Continue reading “Encruzilhadas | Jonathan Franzen”

Tentação do Norte | Manuel Alegre

Uma história de amor e de luta política, carregada de simbolismo, que nos é contada com o ritmo e a prosa poética que imediatamente associamos a Manuel Alegre, que com esta pequena grande novela regressa à ficção depois do romance Tudo É e Não É, publicado em 2013.

.
Continue reading “Tentação do Norte | Manuel Alegre”

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑