Pesquisar

Acrítico

Leituras dispersas

Etiqueta

Ungulani Ba Ka Khosa

Gungunhana | Ungulani Ba Ka Khosa

Gungunhana | Ungulani Ba Ka Khosa

Gungunhana foi o último imperador das vastas terras de Gaza. Pela força dos seus guerreiros, impôs o domínio dos Nguni sobre as outras etnias, chacinando os que não se lhe submetiam, governando com mão de ferro os que, rendendo-se, se predispunham a prestar-lhe vassalagem. Mouzinho de Albuquerque, com as suas carabinas e metralhadoras, pôs-lhe fim ao império, aprisionou-o e trouxe-o para a metrópole onde foi exibido como um troféu de caça. Foi dessa forma que os portugueses o imortalizaram nos seus livros de história do ensino oficial. Continue reading “Gungunhana | Ungulani Ba Ka Khosa”

Anúncios
Featured post

” Ungulani Ba Ka Khosa #2

Nunca os homens foram capazes de penetrar nessas profundidades do olhar que as mulheres bem sabem rutilar, refulgir, como desfrutar e enturvar. Essa gramática do olhar, essa sintaxe de brilhos e embaciamentos, Continue reading “” Ungulani Ba Ka Khosa #2″

” Ungulani Ba Ka Khosa

É verdade irrefutável que Ngungunhane foi imperador das terras de Gaza na fase última do império. É também verdade que um dos prazeres que cultivou na vida foi a incerteza dos limites reais das terras a seu mando. Do que se duvida é do facto de Ngungunhane, um dia antes da morte, ter chegado à triste conclusão de que as línguas do seu império não criaram, ao longo da sua existência, a palavra “imperador”. Continue reading “” Ungulani Ba Ka Khosa”

Gungunhana | Ungulani Ba Ka Khosa

Gungunhana, do premiado autor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa, é publicado a 18 de janeiro pela Porto Editora. A obra integra Ualalapi, romance de estreia do autor que o inscreveu no cânone literário africano, e ainda As Mulheres do Imperador, um relato inédito do regresso das mulheres do imperador, que lhe sobreviveram, a Moçambique, em 1911. Continue reading “Gungunhana | Ungulani Ba Ka Khosa”

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑